Fibra Óptica - Monomodo e Multimodo

Um dos critérios básicos de classificação de equipamento óptico é o tipo de fibra óptica com a qual ele trabalha. É conectado com o tipo de transmissão de luz no núcleo da fibra - de modo único ou multimodo.

A fibra óptica é composta de três partes essenciais, que exercem funções específicas: 1- core;

2- cladding;

3- buffer coating.


Transmissão da luz em fibras ópticas é baseada no fenômeno da reflexão interna total. O núcleo, geralmente feito de vidro dopado (e.g. GeO2 + SiO2), é o centro através do qual a luz viaja junto, enquanto o revestimento é feito de fibra de vidro puro (SiO2). Essa combinação de materiais é ditada por seus índices de refração. Para obter reflexão interna total, o índice de refração do revestimento (vidro puro) deve ser inferior ao índice de refração do núcleo (vidro dopado). O revestimento de buffer em torno do revestimento é uma camada de cobertura geralmente feito de um material termoplástico e gel especial, que protege as fibras contra danos mecânicos. A principal diferença entre o modo single e um cabo multimodo de fibra óptica é a forma de transmissão da luz no núcleo da fibra. A núcleo da fibra multimodo transmite muitos modos (para simplificar - feixes de luz com o mesmo comprimento de onda). A propagação de modos de múltiplas causas dispersão modal, que se traduz em uma redução significativa na escala ou a velocidade de transmissão de sinal. Simplesmente, o sinal é transmitido em tempo, pois a velocidade de propagação do sinal óptico não é a mesma para todos os modos, devido às suas diferentes comprimentos de trajeto entre o transmissor eo receptor, resultando de diferentes ângulos de reflexão de feixes de luz a partir dos limites do core. O fenômeno da dispersão modal é praticamente eliminada em um núcleo da fibra monomodo que transmite apenas um modo de luz com comprimento de onda específico. No caso de uma fibra monomodo, a onda de luz se propaga quase paralela ao eixo da fibra. As taxas de dados em fibras ópticas monomodo são limitadas por dispersão de polarização e modo de dispersão cromática. dispersão cromática é uma combinação da dispersão material e dispersão de guia de ondas. Os fenômenos levam a degradação do sinal devido à variação atraso no tempo de chegada entre as diferentes componentes do sinal, porém eles não afetam a qualidade do sinal de forma tão significativa como no caso das fibras multimodo. Há também fibras dispersão deslocada e diferente de zero dispersão deslocada fibras, para que a dispersão de guia de onda é praticamente eliminado na terceira janela de transmissão (1550 nm).

Propagação da luz em: 1 - fibra óptica multimodo, 2 - fibra óptica monomodo.

Multimodo e núcleos de fibra de modo único diferem significativamente no diâmetro. com núcleo em fibra de modo único é normalmente entre 8-10 micrômetros (normalmente UM 9), enquanto que o diâmetro de um núcleo de fibra multimodo é de 62,5 ou 50 micrômetros. Em ambos os casos, o diâmetro típico do revestimento é de 125 micrômetros. Não há nenhuma diferença visível entre os cabos - o instalador tem que prestar atenção à marcação de cabos e equipamentos que colaboraram. Na maioria dos casos, os dispositivos para conexão de fibras ópticas, tais como instrumentos de arco fusão ou emenda mecânica splicers são adequados para uso com ambos os tipos de cabos de fibra óptica. O instalador deve coincidir com o cuidado de dispositivos adequados ativa, cabos ópticos e acessórios. A grande vantagem da fibra monomodo cabos de fibra óptica é a possibilidade de transmissão de sinais (sem regeneração) de até 120 quilômetros. No caso das fibras multimodo, a faixa máxima de transmissão é de cerca de 2 km. Naturalmente, a distância de transmissão é determinado pela aplicação de dispositivos ópticos e suas capacidades. Dipol oferece uma gama de modo único e equipamentos multimodo - a partir de dispositivos ativos, tais como meios de comunicação e conversores de vídeo para diversos acessórios como conectores, adaptadores, atenuadores, e Cabos.


Por que escolher a fibra óptica:

- alto volume de transferência de informações sobre a fibra única; - possibilidade de envio de sinal em longas distâncias devido à baixa atenuação das fibras ópticas; - resistência total à interferência eletromagnética; - dimensões de baixo peso e pequenas empresas; - não há risco de choque elétrico ou de ignição; - resistência ao tempo e condições ambientais (umidade, descargas eletrostáticas e outros); - custo relativamente baixo e continuamente decrescente; - alta confiabilidade.


#FibraÓptica #Monomodo #Multimodo #ERSTELECOM

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square